Logo Studenta
Gratis
8 pág.
ANTIBIOTICOS 1

Vista previa | Página 1 de 2

PENICILINAS 
 ESPECTRO DE AÇÃO INDICAÇÃO POSOLOGIA 
PENICILINA G COCOS GRAM-POSITIVOS 
PNEUMONIA 
MENINGITE 
OTITE 
FARINGITE 
SINUSITE 
PENICILINA G 
BENZATINA 
1.200.000 UI 
DOSE ÚNICA 
AMOXICILINA 
COCOS GRAM-
POSITIVOS 
ALGUNS BACILOS 
GRAM NEGATIVOS 
(HAEMOPHILUS) 
PNEUMONIA 
OTITE 
SINUSITE 
ERISIPELA 
AMOXICILINA 
500MG VO 8/8 
HORAS POR 14 
DIAS 
AMPICILINA 
COCOS GRAM-
POSITIVOS 
ALGUNS BACILOS 
GRAM NEGATIVOS 
(HAEMOPHILUS) 
PNEUMONIA 
OTITE 
SINUSITE 
ERISIPELA 
MENINGITE 
AMPICILINA 
75MG/KG DE 6/6 
HORAS 
OXACILINA 
COCOS GRAM-
POSITIVOS 
ALGUNS BACILOS 
GRAM NEGATIVOS 
(HAEMOPHILUS) 
INFECÇÕES GRAVES POR 
ESTAFILOCOCOS 
OXACILINA 2G IV 
A CADA 4 HORAS 
AMPICILINA + SULBACTAM 
AMOXICILINA + SULBACTAM 
AMOXICILINA + CLAVULANATO 
COCOS GRAM-
POSITIVOS 
ALGUNS BACILOS 
GRAM NEGATIVOS 
(HAEMOPHILUS) 
ANAEROBIOS 
INFECÇÕES 
RESPIRATÓRIAS ALTAS E 
BAIXAS, INFECÇÕES 
INTRA-ABDOMINAIS E 
INFECÇÕES DA PELE E 
DOS TECIDOS MOLES 
AMPICILINA-
SULBACTAM 
12G/D IV, EM 6 
DOSES DIARIAS 
PIPERACILINA + TAZOBACTAM OU 
TICARCILINA + CLAVULANATO 
GRAM-NEGATIVOS 
(PSEUDOMONAS 
AEREUGINOSA) 
 
PIPERACILINA-
TAZOBACTAM 
4/0,5G IV, A CADA 
6 HORAS 
CEFALOSPORINAS 
PRIMEIRA GERAÇÃO 
ESTAFILOCOCOS 
SENSÍVEIS À OXACILINA 
E ESTREPTOCOCOS 
INFECÇÕES URINÁRIAS 
INFECÇÕES DA PELE E 
DOS TECIDOS 
MOLES (CEFALEXINA E 
CEFADROXIL) 
ANTIBIOTICOPROFILAXIA 
CIRÚRGICA 
(CEFALOTINA 
E CEFAZOLINA). 
CEFAZOLINA – EV 
CEFALOTINA 
CEFALEXINA 
500MG VO, A 
CADA 6 HORAS – 
EV/VO 
CEFADROXILA – 
EV/VO 
SEGUNDA GERAÇÃO 
MAIS GRAM-
NEGATIVOS QUE A 1ª 
GERAÇÃO 
(HEMOPHILUS) 
 
 
CEFUROXIMA 
CEFPROZILA 
500MG VO, A 
CADA 12 
HORAS, POR 10 
DIAS 
 
 
TERCEIRA GERAÇÃO 
AUMENTO DE 
ATIVIDADE CONTRA 
GRAM-NEGATIVOS EM 
GERAL E CONTRA 
ESTREPTOCOCOS, EM 
ESPECIAL CONTRA 
PNEUMOCOCOS 
BOA CONCENTRAÇÃO 
NO SNC 
 
CEFTRIAXONE 50-
75MG/KG DE 
12/12 HORAS 
 
CEFOTAXIMA 50-
75MG/KG DE 6/6 
HORAS 
 
CEFTAZIDIMA 2G 
IV, A CADA 8 
HORAS (ANTI-
PSEUDOMONAS) 
QUARTA GERAÇÃO 
COCOS GRAM 
POSITIVO E NEGATIVOS 
AMPLAMENTE 
INCLUSIVE OS 
RESISTENTES A 
BETALACTAMICOS 
BOA CONCENTRAÇÃO 
NO SNC 
CEFEPIMA 2G IV, 
A CADA 8 HORAS 
ESPECIAL S. AUREUS METICILINORESISTENTE CEFTAROLINA 
CARBAPENÊMICOS 
MEROPENEM / IMEPENEN / 
DORIPENEN 
AMPLO ESPECTRO DE 
AÇÃO CONTRA 
ESTREPTOCOCOS, 
ESTAFILOCOCOS, 
ANAERÓBIOS E GRAM 
NEGATIVOS EM GERAL 
TRATAMENTO DE 
INFECÇÕES GRAVES POR 
GERMES 
MULTIRRESISTENTES 
CONTRA GRAM-
NEGATIVOS EM 
GERAL, A 
ATIVIDADE É: 
DORIPENEM> 
MEROPENEM> 
IMIPENEM. 
 
IMIPENÉM 
500MG IV, A 
CADA 6 HORAS 
 
MEROPENÉM 1G 
IV, A CADA 8 
HORAS 
AMINOGLICOSÍDEOS 
GENTAMICINA 
GERMES GRAM-
NEGATIVOS 
SERRATIA SP 
ESTAFILOCOCOS 
INFECÇOES GRAVES 
POR ENTEROCOCOS 
(EM ASSOCIAÇÃO) 
 GENTAMICINA 5 A 7MG/KG/D IV 
AMICACINA 
AMPLO ESPECTRO 
PARA GRAM-
NEGATIVOS 
MYCOBACTERIUM 
TUBERCULOSIS 
INFECCOES 
HOSPITALARES COM 
GERMES RESISTENTES A 
VANCOMICINA 
AMICACINA 15 A 
20MG/KG IV, 
ESTREPTOMICINA 
ENTEROCOCOS 
RESISTENTES A 
VANCOMICINA 
MYCOBACTERIUM 
TUBERCULOSIS 
 
MACROLIDEOS = EFEITO ANTI-INFLAMATÓRIO EM PROCESSOS CRÔNICOS 
ERITROMICINA 
MYCOPLASMA, 
CHLAMYDIA, 
LEGIONELLA, 
BORDETELLA, PNEU 
MOCOCOS, 
ESTREPTOCOCOS 
 
ERITROMICINA 
500MG VO, A 
CADA 6 HORAS, 
POR 10 DIAS 
AZITROMICINA 
 
MYCOPLASMA, 
CHLAMYDIA, 
LEGIONELLA, 
BORDETELLA, PNEU 
MOCOCOS, 
ESTREPTOCOCOS 
HAEMOPHILUS 
INFLUENZAE E 
MICOBACTÉRIAS 
ATÍPICAS 
DIP (EM ASSOCIAÇÃO) 
AZITROMICINA 
500MG 1CP 1 X 
AO DIA POR 3 
DIAS 
CLARITROMICINA 
MYCOPLASMA, 
CHLAMYDIA, 
LEGIONELLA, 
BORDETELLA, PNEU 
MOCOCOS, 
ESTREPTOCOCOS 
HAEMOPHILUS 
INFLUENZAE E 
MICOBACTÉRIAS 
ATÍPICAS 
 
CLARITROMICINA 
500MG VO, A 
CADA 12 
HORAS, POR 10 
DIAS 
QUINOLONAS (POTENCIALMENTE TÓXICOS EM CRIANÇAS) 
BOA CONCENTRAÇÃO EM OSSOS E SNC, NÃO ALTERA ATIVIDADE PELO PH 
1ª GERAÇÃO (NÃO FLUORADAS) AMPLA AÇÃO EM GRAM-NEGATIVOS, 
TRATAMENTO DE 
INFECÇÕES URINARIAS E 
INTESTINAIS 
ÁCIDOS 
NALIDÍXICO, 
2º GERAÇÃO 
ATIVIDADE 
INTENSIFICADA PARA 
GRAM NEGATIVOS, 
PSEUDOMONAS 
AERUGINOSA 
TRATAMENTO DE 
INFECÇÕES URINARIAS, 
PIELONEFRITES NÃO 
COMPLICADAS E 
INTESTINAIS 
NORFLOXACINO, 
400MG VO, A 
CADA 12 HORAS 
3ª GERAÇÃO 
GRAM-NEGATIVOS 
ALGUNS GRAM-
POSITIVOS 
MICOBACTÉRIAS 
TÍPICAS E ATÍPICAS (3ª 
LINHA) 
MICOBACTÉRIAS 
TÍPICAS E ATÍPICAS 
INFECÇÕES 
COMPLICADAS DE 
TECIDOS MOLES E DO 
SNC, INCLUINDO 
ABSCESSOS E INFECÇÕES 
ASSOCIADAS A 
DERIVAÇÕES 
LIQUÓRICAS 
CIPROFLOXACINO 
750MG VO, A 
CADA 12 HORAS 
4ª GERAÇÃO (RESPIRATÓRIAS) 
MUITO ATIVAS CONTRA 
PNEUMOCOCOS, 
ESTREPTOCO COS, 
MYCOPLASMA, 
CHLAMYDIA E 
UREAPLASMA 
 
 
GRAM-POSITIVOS 
GRAM-NEGATIVOS 
ANAERÓBIOS 
PNEUMONIAS 
COMUNITÁRIAS GRAVES 
LEVOFLOXACINO 
500MG VO, A 
CADA 24 HORAS, 
POR 10 DIAS 
5ª GERAÇÃO 
 
GRAM-POSITIVOS 
GRAM-NEGATIVOS 
ANAERÓBIO (MUITO 
POTENTE) 
COCOS GRAM-
POSITIVOS 
INFECÇÕES DO SNC 
MOXIFLOXACINO 
400MG VO, A 
CADA 24 HORAS, 
POR 10 DIAS 
TETRACICLINAS 
TETRACICLINA 
DOXICICLINA 
ESTREPTOCOCOS, 
HEMÓFILOS, 
MICOPLASMAS, 
CLAMÍDIAS, 
UREAPLASMA, 
MORAXELLA, 
LEGIONELLA, 
BRUCELLA, 
BARTONELLA, 
YERSINIA, 
CAMPYLOBACTER, 
VIBRIÕES, 
ESPIRAQUETAS, 
RIQUÉTSIAS, 
NOCARDIA, 
ACTINOMYCES, 
HELICOBACTER PYLORI, 
EHRLICHIA, 
MYCOBACTERIUM M 
ARINUM , 
MYCOBACTERIUM 
FORTUITUM , 
PLASMODIUM FALCIPA 
RUM E GERMES 
CAUSADORES DE 
DOENÇA PERIODONTA 
CONTRAINDICADO ATÉ 
OS OITO ANOS 
DOXICICLINA 
100MG VO, A 
CADA 12 HORAS 
 
TETRACICLINA 
500MG, A CADA 6 
HORAS 
SULFONAMIDAS E 
SULFAMETOXAZOL/TRIMETOPRIM 
PNEUMOCISTOSE 
INFECÇÕES URINARIAS 
INFECÇÕES 
RESPIRATÓRIAS 
(POUCO) 
MX-TMP 
800/160MG VO, A 
CADA 12 HORAS; 
GLICOPEPTIDOS COCOS GRAM-POSITVOS PENETRAM MAL NO SNC 
VANCOMICINA 
15MG/KG IV, A 
CADA 12 HORAS 
 
LIPOPEPTIDEOS COCOS GRAM-POSITIVOS AERÓBICOS ENDOCARDITE DAPTOMICINA 
LINCOSAMINAS 
COCOS GRAM-
POSITIVOS (EXCETO 
ENTEROCOCOS) 
ANAERÓBIOS, 
PRINCIPALMENTE DA 
BOCA 
TOXOPLASMOSE 
REDUZIR A PRODUÇÃO 
DE TOXINAS POR 
ESTREPTOCOCOS DO 
GRUPO A, 
INFECÇÕES DA PELE, 
DOS TECIDOS MOLES E 
DOS OSSOS, EM 
PNEUMONIAS 
ASPIRATIVAS 
(ASSOCIADA A AGENTES 
COM ATIVIDADE 
CONTRA GRAM-
NEGATIVOS) E EM 
INFECÇÕES DA BOCA, 
INCLUSIVE 
ODONTOGÊNICAS. 
CLINDAMICINA 
600MG VO, A 
CADA 6 HORAS 
POLIMIXINAS 
GRAM-NEGATIVOS 
ENTEROBACTER, 
KLEBSIELLA, 
ESCHERICHIA, 
SALMONELLA, 
SHIGELLA, 
PASTEURELLA, VIBRIO, 
H. INFLUENZAE, 
PSEUDOMONAS E 
ACINETOBACTER 
TOXICIDADE NEURAL E 
RENAL 
ANTISSEPTICOS URINÁRIOS 
NITROFURANTOINA 
E. COLI, 
ENTEROBACTER, 
KLEBSIELLA, 
ENTEROCOCOS E 
ESTAFILOCOCOS. 
PSEUDOMONAS E 
PROTEUS 
ITU 
OXAZOLIDINONA 
 
COCOS GRAM-
POSITIVOS INCLUINDO 
ESTAFILOCOCOS E 
ENTEROCOCOS 
RESISTENTES A 
GLICOPEPTÍDEOS - E A 
MICOBACTÉRIAS 
 
 
 
 
 
 
 
 LINEZOLIDA 
FOSFOMICINA 
COCOS GRAM-
POSITIVOS (INCLUINDO 
ESTAFILOCOCOS 
OXACILINA-
RESISTENTES E 
ENTEROCOCOS 
RESISTENTES À 
VANCOMICINA) E COM 
ATIVIDADE MODERADA 
CONTRA GRAM-
NEGATIVOS, 
INCLUINDO E. COLI E 
PSEUDOMONAS 
AERUGINOSA. 
ITU 
FOSFOMICINA 
TROMETAMOL 
3G, EM JEJUM, PÓ 
DILUÍDO EM 
ÁGUA, DOSE 
ÚNICA 
METRONIDAZOL 
METRONIDAZOL 
250MG, A CADA 6 
HORAS, OU 
500MG, A CADA 8 
HORAS 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
COCOS GRAM NEGATIVOS AERÓBIOS 
NEISSERIA GONORRHOEAE 
NEISSERIA MENINGITIDIS 
MORAXELLA CATARRHALIS 
COCOS GRAM POSITIVOS AERÓBIOS 
ESTAFILOCOCOS AUREOS 
ESTAFILOCOCOS EPIDERMIDIS 
ESTAFILOCOCOS SAPROPHYTICUS 
ESTREPTOCOCOS PNEUMONIA 
ESTREPTOCOCOS AGALACTIAE 
ESTREPTOCOCOS PYOGENES 
ENTEROCOCCUS FAECIUM 
ENTEROCOCCUS FECALIS 
COCOS GRAM NEGATIVOS ANAERÓBIOS VEILLONELLA SP 
COCOS GRAM POSITIVOS ANAEROBIOS PEPTOCOCCUS SP PEPTOSTREPTOCOCCUS SO 
BASTONETES GRAM NEGATIVOS NÃO 
FERMENTADORES 
PSEUDOMONAS AERUGINOSA 
ACINETOBACTER BAUMANNI 
STENOTROPHOMAS MALTOPHILIA 
COMPLEXO BURKHOLDERIA 
BASTONETES GRAM NEGATIVOS 
ANAEROBIOS FACULTATIVIS 
ESCHERICHIA COLI 
SALMONELLA SP 
SHIGELLA SP 
ENTEROBACTER SP 
PROTEUS SO 
PROVIDENCIA SP 
MORGANELLA SP 
YERSINIA SP 
BASTONETES GRAM
Página12